A História de Minas que se Devolve ao Povo.


A primeira edição de 318 páginas, com o título Quilombo do Campo Grande – A História de Minas Roubada do Povo, foi impressa e publicada em 1995 pela editora a Gazeta Maçônica, com registro na Fundação Biblioteca Nacional – FBN, no 220.424 – Livro 84, de 10.01.2001.

         A presente edição, aprofundada e ampliada, confirma em suas 1031 páginas praticamente tudo que se afirmou na primeira, indicando suas fontes privilegiadamente primárias em mais de 2.700 notas de rodapé, com o objetivo de propiciar a aferição e o aprofundamento no estudo, a ponto de justificar a mudança do subtítulo da primeira edição para “História de Minas que se Devolve ao Povo”.

Confira abaixo depoimentos de respeitados historiadores mineiros sobre a nova edição do livro Quilombo do Campo Grande.

Celso Falabela e Jorge Lasmar - Prefácio destes amigos, Historiadores do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais.

Pe. Hiansen Vieira Franco - Historiador, autor do posfácio do lívro.

Orlando Sales Filho - Historiador, autor do posfácio do lívro.

Ubirajara Galli é escritor, administrador de empresas, diretor do Instituto Cultural José Mendonça

O autor agradece à Editora Casa Amarela da Revista Caros Amigos que gentilmente expôs o livro no seu estande na 20ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, entre 14 e 24 de agosto de 2008.

A Edição em papel esgotou em maio de 2010, o livro, agora está disponibilizado gratuitamente para Download Confira.

 

Principal